>IP8 vai cortar ao meio olival que produz o melhor azeite do mundo

>

Sociedade Taifas, empresa que explora um olival com 700 hectares, na Quinta de São Vicente, em Ferreira do Alentejo, e que em 2010 ganhou o prémio para o melhor azeite maduro frutado do mundo, vai ter a sua exploração cortada ao meio pelo Itinerário Principal n.º 8 (IP8), que ligará Sines a Beja.

João Filipe Passanha, um dos responsáveis da empresa familiar que produz azeite na Quinta de São Vicente desde 1738, diz estar “incrédulo” e ao mesmo preocupado pelo futuro da exploração. O prestígio já granjeado junto dos importadores que “são extremamente exigentes” com as condições ambientais da produção, pode ficar comprometido. “O mais aberrante em tudo isto é que nem se deram conta das infra-estruturas que existiam”, quando optaram trazer o traçado do IP8 pela Quinta de São Vicente, acentua Filipe Passanha.

Para além de perder cerca de 6000 árvores e uma parcela de terreno com três quilómetros de comprimento por 80 metros de largura, a viabilidade económica e ambiental da empresa pode ser afectada. Em 2010, a Sociedade Taifas exportou, para 18 países, quase 90 por cento das 800 toneladas de azeite que produziu em lagar próprio. Os principais importadores encontram-se em Inglaterra, Noruega, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Alemanha, Brasil, China e Estados Unidos da América.

A divisão da exploração em duas partes faz com que a rede de rega “fique debaixo da auto-estrada”, o mesmo acontecendo com as condutas da rede secundária do sistema Alqueva. Resta saber o que acontece quando houver rupturas.

Outro problema grave: a rega gota a gota dos 700 hectares de olival é suportada por sete estações de bombagem. A nova situação obriga a aumentar a potência do sistema.

Com a herdade cortada ao meio “temos de gerir o olival nos dois lados da estrada”, observa Filipe Passanha, que assegura que o traçado do IP8 vai causar “impactes brutais na exploração”. Até a máquina que faz a recolha mecânica da azeitona vai ficar limitada. Foi concebida para percorrer as linhas de olival que, agora, ficarão cortadas ao meio.

Ver artigo completo aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: