>Miranda do Douro cria três rotas fluviais

>

Com intuito de promover o Douro e conscientes da sua importância dada a sua extensão ibérica foi aprovado pelo Programa Operacional de Cooperação transfronteiriça Espanha/Portugal (POCTEP), o projeto Marca Duero que visa promover o património histórico e natural do rio Douro.

O município de Miranda do Douro é um dos parceiro com um investimento de 107 mil euros comparticipados em 75 por cento por Fundos Feder.

A autarquia mirandesa pretende criar três rotas fluviais, Fresno, Douro e Angueira, com o objectivo de valorizar os recursos ambientais, arquitetónicos, culturais e até mesmo gastronómicos.
Essas rotas vão ser dotadas de equipamentos, cartografias, painéis informativos bem como barreiras de segurança e iluminação.

Para além disso, esta candidatura inclui ainda a edição de uma produção documental sobre a “Rota do Contrabando” entre Portugal e Espanha.

De referir que este é um projeto promovido pelo Ayuntamiento de Zamora, através da Sociedade Mixta de Turismo com a colaboração da Câmara Municipal de Miranda do Douro e da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro no valor total de 416 mil euros.

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: