>Autarquias atentas a Santiago

>

Não é só Goães que está atenta ao potencial turístico do Caminho Português de Santiago. As autarquias, de uma forma geral, já despertaram para este importante e estratégico nicho de mercado.

“Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves vão desenvolver, através de meios próprios, acções de limpeza e sinalização do Caminho de Santiago inserido nas suas respectivas áreas geográficas.

As limpezas, marcações e pontos de interesse com sinalética temática serão feitas por recursos humanos/logísticos de autarquias envolvidas.

O autarca anfitrião sublinhou que este Caminho de Santiago é a «coluna vertebral para desenvolver o nosso território» para o qual prevê «um aumento do fluxo turístico» e, adiantou Domingos Dias, o percurso vai passar «por muitas aldeias que precisam de ser dinamizadas».

O especialista Arlindo Cunha dissertou sobre o Caminho Português Interior de Santiago, lembrando aos presentes que «este caminho de Viseu a Chaves já foi o mais procurado para quem vinha do Sul» no seguimento da Via da Prata, designadamente para quem vinha da região de Sevilha.

Este docente deu pormenores sobre locais, monumentos, imagens e elementos religiosos que podem ser encontrados com a dinamização deste caminho «que os municípios resolveram desentulhar» e «dar vida a este caminho muito belo, de paisagens e silêncios».” (daqui)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: