>Mercado à Moda Antiga de Oliveira de Azeméis

>

De 10 a 12 de Junho, o Centro Histórico de Oliveira de Azeméis vai voltar ao final do século XIX e princípio do século XX, com a organização do Mercado à Moda Antiga, um dos maiores eventos na área Metropolitana do Porto, que este ano celebra a sua 15ª edição.

É um evento para recuar no tempo, partilhar experiências, dançar, cantar e conviver. O programa inclui artesãos e arruadas, jogos tradicionais, cantigas populares, comes e bebes tradicionais e um espaço para as crianças. Pretende reviver o mercado que se realizava, há 100 anos, na então “Praça dos Vales”, onde se comercializavam os produtos da região. Vão ser retratados os usos e costumes desses tempos, numa partilha de saberes entre os mais novos e os mais velhos.

O cenário do Mercado é constituído, entre outros, por tendas à moda antiga, produtos agrícolas, utensílios e trajes antigos. Também a muito apreciada Feira do Pão e a actuação de grupos de danças e cantares tradicionais não poderiam faltar. Este ano há um espaço em estreia: “O campo na cidade”, onde os visitantes vão ter oportunidade de contactar com o mundo rural, a agricultura biológica, os animais domésticos. Vão ainda ter lugar passeios de pónei, para gáudio das crianças.

O evento tem início no Dia de Portugal, 10 de Junho (sexta-feira), e os destaques passam pela actuação do conceituado Grupo Flor-de-Lis (22h), que venceu o Festival da Canção 2009 e representou mais tarde Portugal no Festival Eurovisão, e do Grupo “Os Chocalheiros” de Vila Verde de Ficalho (16h). O sábado vai ser abrilhantado pelo grupo de percussionistas “Bardoada” (15h30), pelo baile tradicional com os “GiraSol” (16h) e pelo “Grupo de Fados de Medicina do Porto” (22h). Para domingo está reservado um “Teatro de Rua” (15h30), com quadros alegres e pitorescos, inspirados nas raízes do povo.

Ao longo dos dias vão ainda ter lugar jogos tradicionais, em que pais, avós e netos vão poder jogar ao pião, lencinho, vara ou fito. Danças e cantares tradicionais de Oliveira de Azeméis, de que são exemplos as modas, os viras, as rusgas ou as cantigas de amigo. Ainda visitas à Casa-Museu Regional de Oliveira de Azeméis, onde se encontram arquivos de imprensa, achados arqueológicos, objectos em vidro do Centro Vidreiro, e ao Antigo Colégio de Oliveira de Azeméis, onde está patente a exposição “A República para além de Lisboa 1908-1912”, da autoria de Alice Samara.

Destaque ainda para a presença de artesãos, através da recriação de profissões antigas como o artesão, o tamanqueiro, o oleiro, o chapeleiro, a vendedora e ‘fritadeira’ de peixe, o vidreiro, o tecelão… e a padeira do famoso Pão de Ul.

Criado em 1997, o Mercado à Moda Antiga é uma organização conjunta da secção cultural do Grupo Recreativo, Associativo e Cultural de Cidacos (GRACC) e da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Conta com a participação de cerca de 60 Associações e Instituições, 30 artesãos a trabalhar ao vivo, mais de uma centena de tendas, tabernas e exposições, e um milhar de figurantes.

Gamado, aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: