>O cabaz de Passos Coelho, o pacote de austeridade e a política do tabuleiro

>

Pedro Passos Coelho, Primeiro-Ministro de Portugal, esteve em Tomar, por ocasião da Festa dos Tabuleiros, tendo-lhe sido oferecido pelo Vice-Presidente Executivo, Manuel António de Faria, em nome da Delegação Templários da Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, um cabaz de produtos regionais.

O cabaz era composto por: um tabuleiro em miniatura, doces regionais das Estrelas de Tomar (“Beija-me depressa”, “queijinhos doces” e “Fatias de Tomar”), compotas da empresa Vivernocampo e da Companhia das Frutas, o livro “Castelos Templários em Portugal” de Nuno Villamariz Oliveira e uma reserva especial de vinho tinto da Encosta do Sobral, bem como o respectivo cesto em verga feito pelos irmãos Dias, de Vila de Rei.

Esta oferta teve o intuito de promover e divulgar os produtos tradicionais e a nossa região, bem como agradecer a presença do Primeiro-Ministro.

Gamado aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: