Archive for the ‘Concursos’ Category

Concurso Nacional “Aromas e Sabores com Figo-da-Índia” em Alcoutim

A aldeia de Martim Longo recebe no dia 4 de setembro o 1º Concurso Nacional “Aromas e Sabores com Figo-da-Índia”, uma iniciativa da Cooperativa Agrícola de Rega do Pessegueiro – Coopêssego.

O concurso abrange três modalidades: Doces (geleias, compotas, biscoitos, bolachas, etc.), Bolos (tipo pastelaria) e Bebidas (cocktails com ou sem álcool e outras). Cada concorrente poderá apresentar um trabalho em cada uma das modalidades a concurso, desde que a confeção dos produtos integre uma percentagem igual ou superior a 30% de figo-da-índia.

A iniciativa visa sensibilizar a população para a importância estratégica dos produtos endógenos (o figo-da-índia, o mel, a amêndoa, a bolota, a alfarroba, entre outros) no desenvolvimento da região, incentivar ao empreendedorismo no aproveitamento destes produtos e criar um produto de referência para produção intensiva e respetiva comercialização.

A Coopêssego conta com a colaboração da Associação Sociocultural e de Desenvolvimento de Tacões, da ADECMAR (Associação de Desenvolvimento Etnográfico e Cultural de Martim Longo), da Junta de Freguesia de Martim Longo e do Município de Alcoutim, no âmbito das Festas de verão em Martim Longo.

A data limite das inscrições é 31 de agosto de 2011. Para mais informações pode consultar o blog figodaindia.blogspot.com.

Anúncios

>Concurso de Gastronomia na Ilha de S. Jorge

>

A recuperação de receitas tradicionais é o principal objectivo do concurso de gastronomia promovido pelo Núcleo Empresarial de S. Jorge (NESJ), que conta com a participação de cerca de duas dezenas de restaurantes desta ilha.

“Os restaurantes de S. Jorge vendem o comum dos pratos que comemos em qualquer parte do mundo, esquecendo-se de promover a tradição desta ilha, que é o que os turistas procuram”, afirmou João Paulo Oliveira, responsável do NESJ, em declarações à Lusa.

O NESJ, que integra a Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH), pretende com esta iniciativa incentivar os restaurantes locais a servirem receitas tradicionais, como “os inhames com linguiça ou com torresmos, a sopa de peixe ou, nas sobremesas, as célebres ‘espécies’”.

As ‘espécies’, com a forma de uma ferradura, são cozidas no forno e a receita envolve o uso de pão ralado e canela embrulhadas em farinha, sendo uma das especiarias gastronómicas locais mais procuradas pelos turistas.

Este doce é produzido em casas particulares e pode ser encontrado no comércio local, assegurando João Paulo Oliveira que “ainda há quem tenha as receitas antigas, que não se podem perder”.

O responsável do NESJ frisou ainda que “a sopa de peixe em S. Jorge é diferente da que se serve no Pico”, especificando que, em S. Jorge, “o caldo é servido em pão de milho e o peixe vem à parte”.

“As receitas passaram dos nossos avós para os nossos pais, mas já não passaram para nós que somos os netos”, lamentou João Paulo Oliveira, defendendo que é chegada a altura de “mudar de atitude”.

Para João Paulo Oliveira, “se queremos alguma qualidade no turismo, a mesa não pode estar de fora”.

O concurso vai decorrer entre 2 e 17 de Abril e integra a Feira de Gastronomia ‘Sabores da Inovação – S. Jorge Best Food Awards 2011’.

A iniciativa está aberta à participação de particulares detentores de receitas tradicionais, algumas das quais esquecidas ou guardadas nas gavetas ou na memória, sendo premiada a criatividade, inovação, autenticidade regional, apresentação e sabor gastronómico.

As receitas devem ser de autoria exclusiva dos participantes, ficando automaticamente desclassificadas aquelas já publicadas. As inscrições terminam no dia 14 de Março.

Cada participante poderá enviar uma receita, para o Núcleo Empresarial de São Jorge, em cada uma das categorias: Entrada, Prato de Carne, Prato de Peixe e Sobremesa. As receitas devem ser de autoria exclusiva dos participantes, ficando automaticamente desclassificadas aquelas já publicadas.

No dia 17 de Março, o júri, composto por profissionais da Escola de Formação Turística e Hoteleira, fará a selecção das quatro receitas vencedoras.Os vencedores ganham a oportunidade de frequentar um curso de cozinha, e quatro prémios individuais.

O Concurso antecede a Feira de Gastronomia “Sabores da Inovação – São Jorge Best Food Awards 2011”, que vai decorrer nos restaurantes de São Jorge entre 02 e 17 de Abril.

>Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo

>

Depois do sucesso da 1ª Edição, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo irá organizar em Março de 2011, o 2º Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo.

À semelhança do ano anterior, pretende-se que a restauração da região participe neste evento casando da melhor maneira os Vinhos do Tejo com o sabor das iguarias da região, deliciando desta forma todos os que tenham a oportunidade de visitar os restaurantes participantes.

Lista de Restaurantes participantes

  Restaurante
Localidade
A Cernelha Cartaxo
A Coudelaria Porto Alto
A Grelha Santarém
A Lúria Portela de S. Pedro
Adega do Bacalhau Santarém
Adega Típica O Poizo do Bezouro Chamusca
Almourol Tancos
Capriola – Hotel Lusitano Golegã
Cavalaria 7 Cartaxo
Chocolate em Flor Rio Maior
David Park Almeirim
Hotel Abrantur Pego
O Batalhoz Cartaxo
O Bernardo S. Vicente de Paúl
O Bom Garfo Santarém
O Cavalo do Sorraia Alpiarça
O Escaroupim Salvaterra de Magos
O Farnel Coruche
O Mal Cozinhado Monsanto
O Pinto Marinhais
Oficina dos Sabores Aveiras de Cima
Palhinhas Gold Rio Maior
Portal da Vila Alpiarça
Quinta de Sant’ana Almeirim
Rosa Alta Cartaxo
Sabores de Coruche Coruche
Segredos de Vale Manso Abrantes
Taberna do Alfaiate Lapa
Taberna do Gaio Cruz do Campo
Vila Hotel Benavente

Gamado,aqui.

>Festival de Sabores do Azeite Novo (Mirandela)

>

Entre 3 e 6 de Fevereiro, Mirandela acolhe o «Festival de Sabores do Azeite Novo», um certame que conta com exposições, cursos de iniciação à prova de azeitona de mesa, entre outras actividades.

A iniciativa terá também um Festival Gastronómico onde será possível degustar vários pratos confeccionados à base do azeite da região transmontana. Restaurantes e pastelarias associam-se ao Festival, não faltando iguarias locais colocadas à prova, entre elas, as conhecidas torradas de azeite.

Durante os três dias do certame haverá também provas de queijos e de vinhos, palestras, danças tradicionais, visitas, concertos e um desfile de vestuário de caça.

Realiza-se ainda um concurso de fotografia sob o tema «Paisagens Olivícolas de Trás-os-Montes e Alto Douro».

«O Azeite» e «Os benefícios do azeite na saúde» são os temas dos workshops previstos durante o Festival. Haverá também a apresentação do livro «As Maias entre mitos e crenças», de Jorge Lage, com receitas azeitadas à mistura.

Uma mostra de produtos regionais, provas didácticas de azeites, provas de vinhos e queijos são outras das atracções do evento.

No domingo, último dia do festival, haverá uma palestra intitulada «O Azeite e a Bíblia» que tem como objectivo apelar ao uso da tradicional lamparina com azeite nas eucaristias das paróquias bem como leituras bíblicas alusivas ao azeite e à oliveira.

O evento é organizado pela Câmara Municipal de Mirandela.

Gamado, aqui.

>MoraPesca (Mora)

>



A tradição ainda é o que era em Mora, pelo menos nos últimos nove anos, pois volta a acolher o maior certame nacional dedicado à pesca, que ali se realiza no fim-de-semana de 18 a 20 de Fevereiro, no Pavilhão Municipal de Exposições.

A maior feira de material desportivo de pesca do país tem representados os principais importadores da modalidade. Além das demonstrações de pesca no recinto da feira, irá realizar-se um Grande Concurso de Pesca Desportiva na pista internacional de Cabeção, provas de ensino para jovens pescadores e outras competições desportivas durante o fim-de-semana do evento. Além das actividades piscatórias, na feira poderá apreciar a gastronomia e artesanato locais.

Com 30 expositores, a MoraPesca apresenta as principais empresas de pesca, os agentes do sector e as mais recentes tecnologias ligadas àquele desporto, dos carretos às canas, dos engodos às amostras, passando pelo vestuário e outros apetrechos.

"À procura das árvores notáveis" (Açores)

O Governo Regional dos Açores lançou esta terça-feira, dia 18 de Janeiro, o concurso ‘À procura de árvores notáveis’, desafiando os alunos das escolas do primeiro ciclo a identificar uma árvore notável na sua localidade.

A iniciativa, lançada pela Secretaria Regional da Agricultura e Florestas no quadro das comemorações do Ano Internacional das Florestas, culminará com a edição de uma publicação com todas as participações que forem validadas pelo júri.

Este concurso pretende sensibilizar os alunos para a importância da preservação destas árvores, promovendo o conhecimento da riqueza botânica da sua localidade e a defesa da floresta do arquipélago.

Gamado, aqui.

Concurso de Presépios no Fundão

O Município do Fundão leva a cabo este concurso de construção de presépios das suas freguesias. A decorrer até dia 7 de Janeiro.

Este concurso tem como principal objectivo sensibilizar a comunidade escolar e os cidadãos em geral, para a preservação do ambiente e fomentar a tradição de Natal, incentivando a criatividade da comunidade escolar.
Todas as árvores serão expostas de 17 de Dezembro de 2010 a 6 de Janeiro

Os presépios apenas devem obedecer às características do presépio tradicional.
As formas, materiais e dimensões não importam. E os concorrentes podem concorrer com um presépio ou com um conjunto de presépios.

Gamado, aqui.