Archive for the ‘Distrito de Bragança’ Category

Hortas comunitárias (Torre de Moncorvo)

(imagem daqui)

Economia, produção local, consciencialização ambiental: uma excelente iniciativa da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo.

“A medida vai beneficiar 150 famílias. As hortas serão criadas num terreno do município situado na Quinta da Fonte de Carvalho (…) “A cada munícipe interessado é atribuído gratuitamente um talhão de 30 a 50 metros quadrados onde pode dedicar-se à agricultura e cultivar verduras e legumes, árvores de fruto, plantas medicinais, aromáticas e condimentares”, explica o município.” (sacado daqui)

Anúncios

Cultibos, Yerbas iSaberes – Biodiversidade, sustentabilidade e dinâmica emTerra de Miranda

O Museu da Terra de Miranda, em Miranda do Douro, apresenta até ao dia 2 de Outubro a exposição Cultibos, Yerbas i Saberes — Biodiversidade, sustentabilidade edinâmica em Terra de Miranda, elaborada pelo Ecomuseu Terra Mater e pela Frauga – Associação pelo desenvolvimentointegrado de Picote.

A inventariação do saber etnobotânico do planalto mirandês, a promoção de práticas e produtos tradicionais, o apoio ao desenvolvimento local, a preservação da biodiversidade, a conservação dos ecosistemas agrários e da paisagem são alguns dos temas abordados.

Estas questões complexas e cuja importância já é reconhecida são ilustradas por objectos artesanais obtidos a partir de plantas selvagens ou cultivadas da região.

(Horário: 3ª-feira: 14h30 -18h; 4ª-feira – domingo: 9h30 – 12h30 e 14h – 18h)

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro

Feira de Burros – Mostra de Asininos de Miranda

O Município de Miranda do Douro, Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA) e a Comissão de Festas da Nossa Senhora do Naso, realiza no próximo dia 4 de Setembro, a IX Edição da Feira de Burros – Mostra de Asininos de Miranda,  no Recinto do Santuário da Senhora do Naso, aldeia de Póvoa, concelho de Miranda do Douro.

Segundo a  AEPGA esta iniciativa pretende “ser revitalizadorade antigas tradições e promover a única Raça de Asininos reconhecida em Portugal – Raça Asinina deMiranda”.

São muitas as atividades que fazem parte  do programa daFeira ; a tradicional gincana de burros, o desfile de burros ornamentadoscom antigos artefactos e uma mostra para eleger os melhores exemplares daraça.

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro

Rio de Onor

Rio de Onor (imagem daqui)

Se bem se lembram, passámos por Rio de Onor naquele fim-de-semana em que os manifestantes anarquistas se esqueceram de fazer turismo em Trás-os-Montes.

Rio de Onor é uma atracção turística há muitos anos e terá inspirado as gentes do Couto Mixto, onde estivemos a semana passada, a fazer o mesmo. Em Rio de Onor é mais fácil, pois não é uma memória histórica mas uma realidade actual; os habitantes não têm privilégios mas foram esquecidos pelo tratado de 1864 e, até hoje, a aldeia permanece dividida ao meio.

Imagem aérea de Rio de Onor com indicação de fronteira (imagem daqui)

Continua a chamar-se Rio de Onor do lado português e Rihonor do lado espanhol. E não se vê a si mesma como duas aldeias, mas apenas como um povoado único, com um linguajar próprio, misto e aparentado ao mirandês. Quando muito, há o povo de cima e o povo de baixo.

(imagem daqui)

Claro que, como todo o interior, sofre com a desertificação. Hoje são já poucos os habitantes, mas vale a pena ir até lá e ver como uma aldeia em 2 países, com 2 línguas, sobreviveu durante séculos como se essa linha simplesmente não existisse. …a partilha de um forno comunitário, a partilha de terrenos agrícolas comunitários e de um rebanho, pastando nos terrenos comunitários.
“Ademais”, como diriam nuestros hermanos, “los dos únicos bares del pueblo (el centro cívico y la Cervecería Prieto) se encuentran en Portugal, mientras que la única tienda, que vende comida, detergente y demás se encuentra en España.” (fonte)

Feira do Fumeiro de Vinhais (imagem daqui)

Estamos a apenas 27km de Bragança, e dentro do Parque Natural de Montesinho. O Douro pode ser atravessado de cruzeiro, pelos mais calminhos, ou de canoa pelos mais desportistas; pode-se receber massagens na Serra de Bornes, ou ir a Mirandela em busca das célebres alheiras, ou até Vinhais, onde tanto pode haver chegas de touros de raça mirandesa como a já célebre Feira do Fumeiro. Rio de Onor é mais uma paragem numa região que tem tanto para oferecer!

fronteira em Rio de Onor (imagem daqui)

Ironicamente, numa aldeia “comunitária”, a União Europeia podia ajudar a trazer um novo futuro à aldeia. Rio de Onor tem o estatuto de Aldeia Europeia, o que se traduz em apoios comunitários para recuperação de casas e outro património. Mas, mais uma vez, faltam os jovens… o que será necessário para percebermos que o melhor de Portugal até pode chegar a Espanha?

Feira da Maça, Vinho e Azeite de Carrazeda de Ansiães

Carrazeda de Ansiães recebe a partir do próximo dia 26 de Agosto a XVI edição da “Feira da Maça, Vinho e Azeite”.

O certame é mais uma vez organizado pela Câmara Municipal e tem como objectivo apresentar os principais produtos que integram e dinamizam a economia do concelho.

A XVI “Feira da Maça, Vinho e Azeite” estende-se até ao dia 28 de Agosto e este ano o programa é constituído por muita animação musical e por algumas actividades culturais, onde se salienta a realização de um cortejo etnográfico e a apresentação publica de um nova edição impressa sobre o concelho de Carrazeda de Ansiães.

Gamado, aqui.

Caminada na Tierra de Miranda

É já no próximo dia 4 de Setembro, a Caminada na Tierra de Miranda, Miranda – Nazo. Este é um percurso de inolvidável beleza, que vai surpreender os participantes.

A cultura, a tradição, a paisagem e a história do concelho de Miranda do Douro vão estar presentes em cada“passo”, dos caminheiros. Para além disso, não são esquecidos os bons hábitos de saúde aliados ao passeio na natureza. Venha descobrir a fantástica beleza das paisagens das Arribas do Douro.

As inscrições prolongam-se até ao próximo dia 31 de Agosto no Posto de Turismo de Miranda do Douro e na Casa das Quatro Esquinas.

Programa:
Hora da partida: 8h
Local da partida: Posto de Turismo de Miranda doDouro
Itinerário: Miranda do Douro – Malhadas – Nazo- Almoço- Regresso a Miranda do Douro (transporte assegurado pelaautarquia)
Total do percurso: 14 km
Duração: 3 h

Conselhos úteis – calçados apropriado, roupaleve e água fresca

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro

“Pequenos Artistas” em Miranda do Douro

De 16 de Agosto a 8 de Setembro pode apreciar na Biblioteca Municipal de Miranda do Douro, a Exposição “PequenosArtistas”, Arte sem Fronteiras.

Recordo que esta mostra resulta dos trabalhos realizados pelos mais novos, no âmbito dos Workshops realizados com os artistas do evento“Arte sem Fronteiras” que decorreu em Miranda do Douro, de 9 a 16 de Julho em Miranda do Douro.

Este foi projecto trazido pela Associação Internacional  de Artistas com várias filiais pelo Mundo e tem como finalidade levar a cultura às populações comcustos reduzidos, no sentido de promover o País, as regiões,os usos, os costumes e tradições do nosso povo e a permuta de conhecimento de várias escolas entre artistas.

Os visitantes vão ainda, ter a oportunidade de observar as obras de arte que os artistas doaram ao município de Miranda do Douro.

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro