Archive for the ‘Exposições’ Category

Cultibos, Yerbas iSaberes – Biodiversidade, sustentabilidade e dinâmica emTerra de Miranda

O Museu da Terra de Miranda, em Miranda do Douro, apresenta até ao dia 2 de Outubro a exposição Cultibos, Yerbas i Saberes — Biodiversidade, sustentabilidade edinâmica em Terra de Miranda, elaborada pelo Ecomuseu Terra Mater e pela Frauga – Associação pelo desenvolvimentointegrado de Picote.

A inventariação do saber etnobotânico do planalto mirandês, a promoção de práticas e produtos tradicionais, o apoio ao desenvolvimento local, a preservação da biodiversidade, a conservação dos ecosistemas agrários e da paisagem são alguns dos temas abordados.

Estas questões complexas e cuja importância já é reconhecida são ilustradas por objectos artesanais obtidos a partir de plantas selvagens ou cultivadas da região.

(Horário: 3ª-feira: 14h30 -18h; 4ª-feira – domingo: 9h30 – 12h30 e 14h – 18h)

Fonte: Câmara Municipal de Miranda do Douro

Anúncios

«Olhares sobre o Património Ribeirinho» da Moita

O 1.º Concurso de Fotografia “Olhares sobre o Património Ribeirinho” é promovido pela Associação Naval Sarilhense, e, conta com o apoio da Administração do Porto de Lisboa, Câmara Municipal da Moita, Junta de Freguesia de Sarilhos Pequenos, Instituto de Dinâmica do Espaço da Universidade Nova de Lisboa e Turi-Portugal – Associação de Turismo de Portugal.

A Associação Naval Sarilhense lançou o 1.º Concurso de Fotografia “Olhares sobre o Património Ribeirinho”, dedicado ao tema “As Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo”.

A beleza dos seus traços, a imponência do seu velame, a leveza das suas formas, o contraste das cores garridas, a delicadeza e minúcia dos motivos florais, a presença dos elementos mitológicos e religiosos, a vivência a bordo, são elementos distintivos destas embarcações, que constituem o tema desta primeira edição do Concurso de Fotografia.

Agrival em Penafiel

Entre os dias 20 a 28 de Agosto, o Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel recebe a 32ª Feira Agrícola do Vale do Sousa, considerada a maior feira Agrícola do Norte e Centro do País.

Em conferência de imprensa, Adolfo Amílcar, vereador das Feiras e Actividades Económicas na Câmara Municipal de Penafiel, destacou que esta feira “é auto-sustentável em termos financeiros, desde os últimos seis anos e a sua acção gera cerca de 4 milhões de euros de negócios”. Factores de mostram a sua importância a nível regional e nacional.

Durante os oito dias, a Agrival junta 300 expositores. Mais teria, não fosse o limite do espaço. Produção agrícola, gastronomia, maquinarias, gado, artesanato, moda, serviços e novas tecnologias, de tudo um pouco se pode encontrar neste certame.

À semelhança dos anos anteriores, o programa é variado e divide-se por dias temáticos. Cada dia é dedicado a um concelho da região, incluindo a Galiza. Na 10ª Mostra Nacional de Gastronomia, os visitantes podem apreciar pratos típicos de Trás-os-Montes ao Algarve.

Ver artigo completo aqui

Festa da Ria na Fuzeta

A 8.ª edição da Festa da Ria vai animar a zona ribeirinha de Fuseta, no concelho de Olhão, durante seis dias, entre 17 e 22 de agosto, num cartaz que inclui muita animação musical e outras atividades.

Com abertura diária às 19 horas, este evento, organizado pela Associação Foz do Êta, integra a V Feira Criativa, exposições e animações, além dos habituais comes e bebes, com os pratos típicos da Fuseta.

Em relação ao cartaz musical, inclui as atuações de Corazón Cubano (dia 17), Iris (18), Ivete Mangalho & Rolinhas (19), Inês Graça (20), Arco da Velha (21) e Hakuna Pesa (22), entre outros artistas.

Ver programa completo aqui

Exposição sobre o conflito israelo-palestiniano em Abrantes

A exposição “Uma Terra Sem Gente, Para Gente Sem Terra” vai estar patente na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, entre 18 de Agosto e 27 de Setembro.

Quem é esta gente? E que terra é esta? A exposição propõe uma nova abordagem de pensamento sobre o conflito israelo-palestiniano, mas também um olhar crítico e sarcástico.

Constituída por diversos posters de grande formato, com desenhos de contorno a preto-e-branco, os conteúdos da exposição convidam os visitantes a colorir os mapas e desenhos, usando os diversos lápis disponibilizados para o efeito.

Os painéis são produzidos pelo Designer de Comunicação, Nuno Coelho, em colaboração com Adam Kershaw – especialista em representação política em arte –, a partir de fotografias recolhidas numa viagem realizada à Palestina em 2006 e que reflectem o quotidiano daquela região.

“Uma terra sem gente para gente sem terra” é também um livro que contém versões actualizadas das imagens e textos incluídos na exposição. Para além disso, colaboradores de diferentes contextos profissionais e culturais foram convidados a responder ao formato e ao conteúdo da exposição de acordo com as suas próprias perspectivas.

Fonte: Câmara Municipal de Abrantes

ART’Camacha

Foi ontem apresentado o programa do XXIII Festival de Arte Camachense, organizado pela Casa do Povo da Camacha.

Este ano, o ART’Camacha irá realizar-se entre o dia 12 e 19 de Agosto, no Largo da Achada. «São cindo dias de arte, cultura, desporto e tradição», começou por afirmar o presidente da Casa do Povo da Camacha, Ricardo Vasconcelos.

De acordo com o responsável, a edição deste ano terá música, teatro, exposições de artes plásticas, artesanato, desporto e entretenimento.

Na conferência de imprensa de apresentação do programa, que decorreu na Casa do Povo da Camacha, Ricardo Vasconcelos salientou que a realização de mais uma edição do ART’Camacha não seria possível «sem o apoio da autarquia e da Secretaria do Ambiente e dos Recursos Naturais», bem como de entidades privadas.

Ver artigo completo aqui

Feira de S. Mateus 2011 (Viseu)

De 14 de Agosto a 21 de Setembro, vai decorrer mais uma edição da Secular Feira de São Mateus, que tem uma história de 619 anos.

Os ingleses James são o nome mais sonante a actuar na 619ª edição da Feira de S. Mateus em Viseu.

A secular feira apresenta este ano alguns nomes sonantes no seu cartaz, com a nova direcção do certame a apostar também em estilos musicais à muito arredados do palco da feira, nomeadamente o rock, aproveitando ainda para começar a trazer artistas internacionais até aos viseenses.

No mês de Agosto actuam no palco da Feira de S. Mateus, Tony Carreira (15), James (20), Aurea (21) e Pedro Abrunhosa (27) entre outros.

Para além dos espectáculos que vão do folclore, ao rock e à música popular, a Feira de S. Mateus oferece aos visitantes durante seis semanas uma panóplia de exposições, provas desportivas e um espaço de tasquinhas e restaurantes.