Archive for the ‘Pesca’ Category

>Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural em Tavira

>

A Biblioteca Municipal Álvaro de Campos foi o local escolhido para a conferência de imprensa de apresentação da 16.ª Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural do Algarve, certame que se realizará nos dias 8, 9 e 10 de Julho, no Parque de Feiras e Exposições de Tavira – em mais uma iniciativa promocional das actividades: cinegética, piscatória, dos produtos da terra, da gastronomia regional e da economia em geral, de entre muitas outras.

A organização do certame é, como habitualmente, da Federação de Caçadores do Algarve, que este ano conta com alto patrocínio da Câmara Municipal de Tavira e, nesse sentido, a conferência de imprensa de apresentação, quinta feira dia 30, pelas 17:30 horas, vai contar com a presença do presidente da Câmara Municipal de Tavira, Jorge Botelho.

À autarquia da Tavira, juntam-se outros apoios essenciais, designadamente algumas autarquias da região, o Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e das Pescas, o Turismo do Algarve, o Governo Civil do Distrito de Faro e a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, entre outras entidades e empresas.

Anúncios

>Clube de Caça e Pesca Cavaquense inaugura nova sede

>

O Clube de Caça e Pesca Cavaquense (CCPC), fundado em 29 de abril de 1980, vai inaugurar amanhã (quinta feira, 16 de Junho) a sua nova sede social, situada em Quatrim do Norte, Moncarapacho, no concelho de Olhão.

A cerimónia, inserida nas comemorações do Dia da Cidade de Olhão, terá lugar pelas 19:00 horas, contando com a presença do presidente da Câmara Municipal de Olhão, Francisco Leal.

A obra foi iniciada em abril de 2006 e contou com a colaboração de entidades oficiais, sócios, amigos e diversas empresas, que ajudaram a minimizar os custos, através de mão-de-obra e donativos, refere o emblema, em comunicado.

O Clube de Caça e Pesca Cavaquense, além da componente cultural, onde apoia a Charola dos Cavacos, tem na componente desportiva, nomeadamente na pesca, o seu lado mais visível.

Ver artigo completo aqui

>Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural muda-se para Tavira

>

As razões da mudança da Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural para Tavira este ano, prendem-se apenas com o facto da Câmara de Faro não ter disponibilidade financeira para assegurar a continuação do patrocínio, nem pagar o que está em atraso, embora o actual presidente, Macário Correia, esteja a dar sinais de que pretende regularizar a situação, tendo pago recentemente dez mil euros da dívida acumulada desde a gestão de José Vitorino e José Apolinário – dívidas assumidas por ambos, mas que por não terem sido levadas às respectivas sessões de Câmara, agora são bem mais difíceis de regularizar.

A situação deficitária tornou-se de tal forma incomportável que, apesar do pagamento recente da autarquia farense à Federação de Caçadores do Algarve, a Câmara de Loulé decidiu que só continuaria a apoiar o certame se a Câmara de Faro cumprisse a sua quota-parte, o que, ao revelar-se impossível, inviabilizava a parceria institucionalmente estabelecida para a gestão do Parque das Cidades, uma vez que, neste caso, praticamente só a Câmara de Loulé contribuiu financeira e logisticamente para a realização do certame no local durante os últimos cinco anos.

Resta acrescentar que, segundo o Presidente da Federação de Caçadores do Algarve, Vitor Palmilha, “a dívida da Câmara de Faro à organização da Feira de Caça e Pesca do Algarve está actualmente em 97.000 euros”.

Este ano, será nos dias 8, 9 e 10 de julho de 2011 que a 16ª edição da Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural – Algarve, abrirá as suas portas, num novo espaço – o Parque de Feiras e Exposições de Tavira, contando para o efeito com o patrocínio da Câmara Municipal de Tavira, que segundo Vitor Palmilha, “dá pouco dinheiro, mas disponibiliza infraestruturas” adequadas à realização do certame com bastantes condições, conferindo grande dignidade ao evento.

Gamado aqui

>Já se podem pescar trutas no Rio Pavia

>

Há 15 anos o Rio Pavia era um esgoto a céu aberto que atravessava a cidade de Viseu, hoje pescam-se trutas nas suas águas. Uma conquista da natureza que teve uma ajuda humana de seis milhões de euros.

O curso de água atravessa Viseu de norte para sul mas é de todos os pontos cardeais que atrai pessoas para as suas margens desde que deixou de ser um esgoto a céu aberto e as suas margens passaram a ser jardins cuidados.

Ainda há uma década o Rio Pavia repelia quem dele se aproximava e multiplicavam-se as queixas de moradores por ser insuportável o cheiro nauseabundo que exalava graças aos esgotos por tratar da cidade e aldeias próximas que recebia no seu leito.

Gamado aqui

>Paulo Futre vai dedicar-se à pesca de chop suey de vaca

>

O antigo jogador da selecção nacional portuguesa, Paulo Futre, mais conhecido pelo “gajo que nasceu com braços”, está a preparar um grande investimento no sector das pescas. Segundo uma fonte próxima do agora potencial futuro dirigente desportivo que preferiu manter o anonimato e que se chama Dias Ferreira, Paulo Futre já dedcidiu investir em sponsors para depois vir charters que vão trazer dinheiro para adquirir uma frota de barcos para pesca exclusiva de chop suey de vaca.

Segundo a mesma fonte, Paulo Futre irá ganhar comissões sobre a encomenda de barcos mas também sobre os charters que todos as semanas vão trazer seiscentas pessoas por semana. Também irá receber comissões dos hotéis, de todos os chop sueys de vaca que conseguir pescar em território português, e do museu do chop suey de vaca que ele próprio vai fundar no Porto Alto. Paulo Futre pretende adquirir 19 barcos mais 1.

A referência ao território português nas palavras de Paulo Futre é literal visto que estes 19 + 1 barcos serão os únicos em todo o mundo a poder fazer pesca terrestre. Mas Futre não está sozinho neste aventura. Futre vai ter um sócio. Trata-se de um jornalista que esteve presente na apresentação do projecto de Futre para o Sportém e que, segundo Paulo Futre, só tem um defeito. Desconcentra-o.

Os 19 + 1 barcos que Futre pretende adquirir são do fabricante Porsche e irão ser amarelos porque o Pinto da Costa diz que são bonitos. Os 19 são barcos para pesca de chop suey de vaca e o outro barco é para pescar chop suey de vaca vegetariano, ou seja, é um barco que só vai pescar chop suey de vacas alimentadas a vegetais.

>Festival Gastronómico do Lagostim de rio (Ferreira do Zêzere)

>

O festival do Lagostim de Rio decorre durante o mês de Abril em Ferreira de Zêzere e começa a tornar-se numa referência nacional e de ano para ano tem-se assistido a um crescendo de receitas e novas formas inovadoras de confeccionar esta iguaria.

O lagostim do rio, um crustáceo que infesta várias zonas ribeirinhas da albufeira de Castelo de Bode, vai ser ao longo de Abril, em seis restaurantes de Ferreira do Zêzere, a matéria-prima do primeiro festival gastronómico que lhe é dedicado pela autarquia.

O objectivo é múltiplo: além de dar a conhecer as qualidades nutritivas e de paladar do lagostim, bastante apreciadas em alguns países do Norte da Europa, os promotores pretendem combater a praga de lagostins que afectam outras actividades; em simultâneo podem ser criadas oportunidades de ocupação, já que da recolha dos crustáceos poderá resultar uma actividade económica viável entre sectores da população se a procura gastronómica aumentar na região…

É uma oportunidade para provar o melhor Lagostim de Rio do País, proveniente das águas puras do Zêzere, ao mesmo tempo que se contribui para o equilíbrio do ecossistema fluvial.

Gamado, aqui.

>Feira de Caça, Pesca e Desenvolvimento Rural (Vilar Formoso)

>

A 3ª Feira de Caça, Pesca e Desenvolvimento Rural vai decorrer nos dias 19 e 20 de Fevereiro, no Pavilhão Multiusos de Vilar Formoso.

O evento conta com várias áreas de exposição ligadas ao mundo da caça, pesca e do mundo rural, tasquinhas com petiscos de caça e pesca e exposição de Fauna viva e espécies cinegéticas.

Montaria ao Javali, Largada de Perdizes, Demonstração de Aves de Rapina, Tiro com Arco e Besta, Passeio TT e Pista Rodoviária Infantil são actividades que integram o programa da feira.
No decorrer da feira, os visitantes poderão, ainda, desfrutar da constante animação com grupos musicais regionais.

A feira organizada pela Câmara Municipal de Almeida conta com a colaboração da Federação de Caça e Pesca da Beira Interior, da Associação Recreativa de Nave de Haver, do Clube de Caça e Pesca de Vilar Formoso, da Federação de Arqueiros e Besteiros de Portugal e do Comando Distrital de Policia da Guarda.

Programa consulte aqui.