Archive for the ‘Publicações’ Category

>CCDRA apresenta livro de receitas de tapas e petiscos

>

Sessenta e três receitas de tapas e petiscos da eurorregião Alentejo, Algarve e Andaluzia estão publicadas num livro que foi apresentado ontem, quinta-feira, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Região do Alentejo (CCDRA), em Évora.

O “Caderno de Tapas e Petiscos do Alentejo, Algarve e Andaluzia”, que tem como objetivo “a promoção e divulgação territorial”, mostra que “a gastronomia pode contribuir para a facilitação de diálogos e oportunidades de cooperação transfronteiriça”.

Gamado aqui

Como os produtos tradicionais competem e ganham

Pegaram em negócios tradicionais a que estão a dar a volta. Graças à sua estratégia estão a exportar e a crescer. Saiba como daqui a três anos, a FEB quer vender por mês a quantidade de café que hoje vende num ano. E como o Facebook consegue impulsionar a estratégia dos sapatos de luxo Luís Onofre.

A inovação é o principal denominador comum entre a Luís Onofre a FEB e está a servir de arma para conquistar mercado em indústrias tradicionais. Ambas as empresas trabalham em sectores competitivos, com tradição no mercado nacional e ainda conseguem exportar.

A edição de Dezembro da INVEST mostra como é possível pegar em negócios tradicionais e, através da inovação, aumentar ganhos e elevar o valor acrescentado, quer dos produtos, quer das empresas.

No caso da Luís Onofre, a empresa homónima do criador de sapatos por trás do seu sucesso, a INVEST conta a história da ascensão da marca e os pormenores que transformam estes sapatos em objecto de desejo – calçados por mulheres ricas e poderosas (como a princesa Letízia de Espanha).

Ver artigo completo na Invest

Borda d`Água – A bíblia da portugalidade

O Borda d`Água é dos almanaques mais antigos de Portugal e o mais popular. Nesta “bíblia”, com tiragens acima dos 300 000 exemplares anuais, é possível consultar diversas informações sobre áreas tão diferentes como astronomia, religião, agricultura, provérbios populares, festas e feiras, entre outros conteúdos que encaixam na perfeição no perfil da mercearia do Mundo.

O Borda d`Água nasceu em 1929 e é, desde essa altura, editado pela Editorial Minerva. Numa altura em que as publicações “onpaper” são controladas por grandes grupos económicos e por grandes distribuidores, o Borda d`Água mantem o mesmo modelo de negócio há mais de 80 anos, cativando novas gerações e fidelizando-as sem recorrer ao bate-boca ou à vida cor-de-rosa dos vários jets.

Este “tablóide” da tradição popular é distribuido por “arautos” que fazem deste almanaque o seu ganha pão e é impresso desde 1929 em papel reciclado. Como é que é possível que nos últimos 80 anos se imprima este almanaque em papel reciclado se isso é uma invenção recente? Pois é, meus amigos! Há muitas “inovações” que chegaram à urbe muito recentemente mas que são prática diária no Mundo Rural há séculos. Mas desse assunto falaremos noutra oportunidade.

Ver reportagem aqui