Archive for the ‘Saúde e Beleza’ Category

Beber moderadamente pode diminuir risco de Alzheimer

O consumo moderado de bebidas alcoólicas pode ajudar a evitar a doença de Alzheimer, é a conclusão a que chega um estudo norte-americano publicado este mês.

Os cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade Loyola , em Chicago, afirmam que quem bebe socialmente e com moderação tem menos 23% de probabilidades de desenvolver a doença degenerativa.

Both Neafsey e Michael A. Collins, professores de Farmacologia Molecular e autores do estudo, publicado no jornal científico “Doenças e Tratamentos Neuropsiquiátricos “, afirmam que o álcool, em pequenas quantidades, permite às células cerebrais lidarem melhor com o stresse que mais tarde pode contribuir para a demência.

A ideia de que as bebidas alcoólicas, ingeridas com moderação, são benéficas para as doenças cardiovasculares também é uma das explicações apresentadas, já que o fluxo de sangue chegará ao cérebro com maior facilidade, acelerando o seu metabolismo.

No âmbito da investigação foram analisados 140 estudos, realizados desde 1977, que envolveram um total de 365 mil pessoas.

Ver artigo completo aqui

>Azeite fortalece o cabelo

>

Alguns padrões de perda de cabelo são genéticos e devem ser tratados interior e exteriormente. Por isso é tão importante escolher bem os produtos que se aplicam para lavar o cabelo. Alguns cuidados extras podem atrasar o avanço da queda de cabelo.

Aplicar azeite diretamente no couro cabeludo é uma opção saudável e económica. Uma vez por semana, aplique o azeite no couro cabeludo e faça uma massagem suave. De seguida, enrole a cabeça numa toalha, durante uma hora.

Depois lave o cabelo com um sabão natural ou shampoo neutro. O azeite é rico em antioxidantes, que ajudam a retardar o envelhecimento do corpo. O azeite também tem poderosas propriedades antifúngicas e antibacterianas.

Pode ajudar a restaurar a saúde geral das células do couro cabeludo e reduzir os danos químicos para que o crescimento natural do cabelo possa ocorrer.

Propriedades antifúngicas e antibacterianas de azeite também pode ajudar no esclarecimento de todas as infeções de pele no couro cabeludo que podem causar queda de cabelo.      

Gamado aqui         

>Jornadas sobre Tecnologia e Saúde da Guarda

>

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai promover, no próximo dia 29, as IV Jornadas Nacionais sobre Tecnologia e Saúde.

Divulgar os mais recentes projetos na área da tecnologia aplicada à saúde e aprofundar o diálogo entre investigadores e profissionais/estruturas de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos, profissionais e estudantes das áreas da saúde e da tecnologia) são os principais objetivos destas Jornadas, já projetadas em termos nacionais e internacionais.

Por outro lado, e de acordo com a organização, a ideia é incrementar a interação entre ensino superior e as empresas vocacionadas para as áreas subjacentes a este evento, que decorrerá no auditório dos Serviços Centrais do IPG. No decorrer destas Jornadas serão apresentadas várias comunicações e posters.

Gamado aqui

>O "milagre" de comer uma maçã por dia

>Comer uma maçã por dia ajuda a preservar a saúde e a elegância. Dados apresentados durante o Congresso de Biologia Experimental 2011, a decorrer em Washington, nos Estados Unidos, faz jus ao velho ditado anglo-saxónico “an apple a day keeps the doctor away”, que se pode traduzir por “uma maçã por dia mantém o médico à distância”.

Uma equipa de investigadores da Universidade da Flórida, liderada por Bahram Arjamandi, apresentou os resultados obtidos de um estudo realizado com 160 mulheres em pós-menopausa, com idades compreendidas entre os 45 e os 65 anos de idade.

Metade do grupo analisado comeu uma maçã por dia (75 gramas diárias durante um ano), enquanto a restante metade ingeriu a mesma quantidade, mas de passas. Todas as mulheres foram submetidas a análises três, seis e doze meses depois do início do estudo.

O estudo revelou “mudanças incríveis nos níveis de colesterol, seis meses depois de se começar a comer uma maçã por dia”, sublinha Bahram Arjamandi.

As mulheres que ingeriram aquela peça de fruta diminuíram os níveis de colesterol mau em 23% e por sua vez aumentaram em 4% os valores relativos ao colesterol bom, em comparação com o grupo que seguiu a dieta de passas de uva.

Gamado aqui

>McConaughey diz que vinho tinto faz bem

>

Há muito que se fala dos benefícios do consumo (moderado, claro está) de vinho tinto. O actor norte-americano Matthew McConaughey, considerado um “sex symbol” de Hollywood, é dos que acredita nos benefícios do consumo de vinho e confirmou-o recentemente numa entrevista televisiva.

Disse claramente que um dos seus segredos para manter o bem estar físico é… beber! “Para quem gosta de beber, como eu gosto, o segredo é o vinho tinto”, confessou, em tom bem-disposto, Matthew McConaughey, de 41 anos, a uma dupla de entrevistadores (um deles é Billy Bush, sobrinho de George W. Bush), no programa “Today Show” da cadeia norte-americana NBC.

Mas nada de falsas esperanças. O vinho tinto, por si só, não basta. Na mesma entrevista, além de reconhecer que continua a apreciar umas cervejas”, o protagonista de “As Minhas Adoráveis Ex-Namoradas” e pai de duas crianças, Levi e Vida, revelou que faz exercício físico com regularidade

Gamado aqui

>Azeite reduz risco de depressão

>Investigadores da Universidades de Navarra demonstraram que a ingestão de azeite, contrariamente ao que acontece relativamente às gorduras saturadas, reduz o risco de sofrer de doenças depressivas.

Ao longo de seis anos, foram analisados 12.059 voluntários do projecto SUN (Seguimento Universidad de Navarra) em relação à dieta, ao estilo de vida e às doenças de que padeciam. Miguel Ángel Martínez-Gonzales, catedrático de medicina preventiva da universidade de Navarra e director do projecto SUN, analisou a influência das gorduras polinsaturadas, abundantes no peixe e no azeite, e declarou: “descobrimos que este tipo de gorduras estão associadas a um menor risco de sofrer de depressão”.

Existem cerca de 150 milhões de pessoas deprimidas no mundo e a incidência das doenças depressivas tem vindo a crescer nos países com rendimento médio per capita acima da média. O estudo vem corroborar a tese que defende as vantagens da dieta mediterrânica, face ao regime alimentar dos países desenvolvidos do norte da Europa.

Gamado aqui

Azeite pode proteger contra o cancro de mama

Um grupo de investigadores da Universidade Autónoma de Barcelona afirmam que ao contrário de outros óleos vegetais, o azeite tem compostos bioactivos. O médico José Luís Passos Coelho alerta que o artigo consiste em experiências animais e que o gene alterado em laboratório não é muito importante para o cancro da mama. O oncologista sublinha que os dados ainda não são claros sobre uma relação entre aspectos dietéticos e o cancro da mama.

http://tv1.rtp.pt/noticias/player.swf?image=http://img0.rtp.pt/icm/noticias/images/b9/b9a55f9589b1506ba5804c0f2f369e07_N.jpg&streamer=rtmp://video2.rtp.pt/flv/RTPFiles&file=/informacao/entrevcancromama_70411.flv