Archive for the ‘DOC Dão’ Category

>Dão deve evoluir para região demarcada sustentável

>

A consultora Deloitte-Portugal desafiou a Comissão Regional Vitivinícola do Dão (CVRD) a analisar a evolução para o conceito de Região Demarcada Sustentável do ponto de vista ambiental para reforçar a sua competitividade.

A ideia foi lançada no âmbito da divulgação do estudo com as perspectivas para o sector vinícola (‘Wine Outlook’) no primeiro semestre deste ano, trabalhadas a partir de um inquérito alargado às empresas a operar nesta área no final de 2010.

Ana Martins, que apresentou o trabalho no Solar do Dão, sede da CVRD, em Viseu, com Pedro Rosa, apontou como mais-valia de uma Região Demarcada Sustentável do ponto de vista ambiental a resposta a uma cada vez maior exigência de mercados importantes para os vinhos portugueses, como sejam os países nórdicos.

E deu o exemplo da região vitivinícola norte-americana da Califórnia, onde produtores e autoridades locais se uniram, a partir de 2001, para erguer uma área de produção ambientalmente sustentável.

Esta possibilidade permite, entre outras mais-valias, uma nova imagem de responsabilidade ambiental e modernidade, onde os produtores locais reforçam a competitividade com a exibição de um certificado e um selo para o produto.

Ana Martins apontou ainda a existência de passos intermédios, como a criação de mecanismos que permitam à região do Dão evoluir, por exemplo, na sustentabilidade energética ou na chamada ‘pegada de carbono’, que indica a preocupação local com a emissão de gases com efeito de estufa.

Ver artigo completo aqui

Anúncios

>Dão em movimento

>(…) “em 2011, o Solar do Vinho do Dão, em Viseu, terá em funcionamento uma loja de vinhos.

O espaço irá divulgar, expor, dar a provar e permitir a aquisição de vinhos do Dão, facilitando ainda a realização de eventos para grupos, mediante marcação prévia. Esta loja de vinhos e o próprio Solar do Vinho do Dão serão os pólos dinamizadores da futura Rota do Vinho do Dão.
O projecto, dada a complexidade que possui, será para implementar durante os próximos três anos e pretende envolver um número significativo de agentes institucionais e económicos: produtores de vinhos, restaurantes, lojas especializadas, operadores turísticos, unidades hoteleiras e de enoturismo, museus, associações de desenvolvimento local, autarquias, entre outros.” (…) (daqui)

Além da loja, a Comissão Vitivinícola Regional está a planear várias acções promocionais, em Portugal e no  estrangeiro. É assim mesmo, é preciso iniciativa, boas ideias e capacidade para executá-las!

Ionline: "O vinho português é único"

“Portugal produz castas únicas no mundo que fazem com que o vinho nacional se evidencie e seja cada vez mais procurado em todo o mundo, consideram clientes estrangeiros, que visitaram hoje a Casa de Santar (Nelas) em época de vindimas.

Para Carine Goedertier, da Alhambra (Bélgica), Portugal tem castas que não se encontram em mais nenhum ponto do mundo.

“Os vinhos portugueses têm algo de especial, destacando-se pela originalidade de castas únicas que fazem a diferença”, evidenciou.” (…)
O artigo completo pode ser lido no ionline.